MUNICÍPIO

Letra: André Santos de Souza
Musica: Luiz Marcelo F. de Lima.

Itemplo-budista

Vertente do Lério

Som das águas que embalou

Vertente linda flor

Berço glorioso de amor

Terra querida Deus

Já te abençoou

 

II

Os riachos que te cortam

Ao banharte de beleza

No seu murmurar

Tuas pontes tão faladas

Se guarda aos filhos teus

 

REFRÃO

Vertente do Lério

Terra dos minerais

O esplendor de fé resume

De milagres e amor, terra de paz.

 

III

Vertente do Lério

Minha cidade bela

Vertente linda flor

Há na alma de teu povo

Um reqüinte novo

De gloria de Valor.

 

IV

Tens de fé teus lindos templos

Na beleza dos teus campos

No valor dos filhos teus

És de graças um alto fé.

 

REFRÃO

Vertente do Lério

Terra dos minerais

O esplendor de fé resume

De milagres e amor, terra de paz.